Você em roma

Conhecendo o Comércio Local em Roma

Aqui em Roma minha mente não pára. São muitas reflexões, muitos pensamentos, muitas sensações.

Comércio local no Centro Histórico

Uma reflexão bem interessante que fiz foi a respeito do comércio local aqui do Centro Histórico. São, em sua maioria, pequenas lojas, pequenos restaurantes, pequenos negócios, gerenciados por uma família.

Comercio Local em Roma

Quem mora em metrópole, está acostumado a ver grandes empresas “engolindo” as pequenas. Oferecem um produto industrializado, de produção em massa, cujo preço normalmente é bem mais baixo.

Tenho visto muitos artesãos, artistas, cozinheiros e outros profissionais, cujo trabalho é incrível e único.

Percebo que aqui, apesar de encontrar redes grandes de supermercados (como Carrefour Express), há muitas mercearias e mercadinhos pequenos, além de feiras livres.

Comercio Local em Roma

Expediente

O horário de funcionamento desses estabelecimentos varia, mas algumas lojinhas abrem às 10h, fecham para o almoço das 13h30 às 15h30, e encerram o expediente às 20h.

Meu ponto não é o horário em si, mas o fato de essas pessoas aproveitarem a vida, conscientes de que os dias de trabalho também são dias importantes, assim como os dias de folga.

Pessoal curtindo um solzinho

Então a pessoa acorda, toma seu café da manhã sossegada, abre a lojinha e fala bom dia aos vizinhos. Então trabalha e almoça com calma, apreciando o momento de pausa (pode ler um livro, ou fazer alguma atividade, ou apenas descansar).

Depois ela volta ao trabalho e foca nisso até a hora de fechar. E assim se encerra um dia com qualidade de vida.

Trabalho

Para muitos paulistanos, parece até que esses italianos não gostam de trabalhar, né?

Claro que gostam (ok, nem todos, assim como em qualquer lugar do mundo). Mas eles sabem que cada dia é precioso, e que não dá para apostar todas as suas fichas em dias de folga ou férias. O tempo está passando, e a vida também.

Estou cercada de pessoas que trabalham das 8h às 18h, com uma hora de almoço. Passam um stress danado de segunda à sexta, contando os dias para chegar o final de semana, pois não aguentam mais o cansaço. Então o final de semana chega, e toda a frustração da semana é descontada nos dois dias, como compensação.

Qualidade de Vida

Seria bem mais fácil viver como esses italianos, não? Mas para a maior parte dos brasileiros essa coisa de trabalho com horários padronizados, almoço padronizado, ponto eletrônico, etc, é cultural e bem enraizada.

Se todos pudessem ver e entender o que significa essa tal da qualidade de vida, e como as coisas mais simples tem uma importância imensa, o mundo seria um lugar muito melhor de se viver. E as pessoas seriam mais felizes e realizadas.

Lembre-se que nós organizamos transfers do/para o aeroporto, hospedagem e roteiros personalizados! Me escreva em info@emroma.com.

Já reservou seu bilhete?

 

 

Suelen
Suelen é uma paulistana em busca de novas experiências, aprendizado e autoconhecimento.

Boa de garfo e amante dos livros, em seus diálogos sempre surge alguma frase de filmes ou séries que (quase) ninguém entende.

Deixe um comentário