Você em roma

Conhecendo a Mim Mesma em Roma – Uma Reflexão

Liberdade para Ser

Passando um mês em Roma, percebi que havia muito mais em mim do que antes imaginava. Estar longe de tudo o que me é familiar garante uma certa liberdade. Dessa forma, percebo como são minhas atitudes e pensamentos quando não há tantas preocupações (com familiares, amigos).

Ir Além

Isso reforça ainda mais aquela ideia de sair da caixa, sair da zona de conforto e olhar seu mundo com outros olhos, pois é nesse momento que acontece a transformação ou a manifestação de aspectos antes nem conhecidos de cada indivíduo.

E é exatamente isso que estou fazendo: me conhecendo em um ambiente diferente. As pessoas com as quais me relacionei em Roma não fazem ideia da pessoa que sou no Brasil. (Acho que nem eu mesma sei, a essa altura do campeonato.)

Me empolga muito a sensação de que, ao retornar ao Brasil, verei diversas coisas de outra maneira, com olhos mais experientes, cheia de ideias e conceitos novos. E também darei mais valor e importância às coisas que só tenho lá (e nem me dava conta).

Mudanças

Acredito de que devo ter mudado um pouco nesse período (apesar de a jornada estar apenas na metade). Notar isso em mim mesma pode ser meio difícil, mas tenho certeza de que, quando voltar para casa, quem convivia comigo conseguirá perceber facilmente.

Processo

Fico muito contente e muito grata por estar nesse processo, e por ter conseguido compreender que ainda há muito o que explorar lá fora, no mundo, mas há mais ainda que explorar aqui dentro, nesse universo que carrego dentro de mim.

Quem diz que “se conhece muito bem” não faz ideia do que está falando…

Já tiveram esse tipo de reflexão durante alguma viagem? Contem para nós!

Lembre-se que nós organizamos transfers do/para o aeroporto, hospedagem e roteiros personalizados! Me escreva em info@emroma.com.

Já comprou seus ingressos para o Coliseu?

 

Suelen
Suelen é uma paulistana em busca de novas experiências, aprendizado e autoconhecimento.

Boa de garfo e amante dos livros, em seus diálogos sempre surge alguma frase de filmes ou séries que (quase) ninguém entende.

Deixe um comentário