Qual é a diferença entre basílica, catedral e duomo?

Quando você  vem para a Itália, é impossível não visitar pelo menos uma igreja. Até mesmo as pessoas menos religiosas vão visitar porque é um lugar de muita história, arte e beleza. Porém cada lugar que visitamos tem um nome diferente: catedral, duomo, basílica… Você sabe qual a diferença entre elas?

Basílica

A palavra Basílica deriva do grego basiléus que significa rei, soberano.

Na época antiga da Roma pagana, basílica indicava um edifício público importante onde eram desenvolvidas várias atividades públicas como o mercado coberto ou atividades judiciárias. A basílica era um edíficio de planta retangular: era uma sala com colunas internas, organizadas também em forma retangular, fomando “corredores” que acompanhavam as laterais. A basílica podia ter uma ou duas entradas que ficavam dos lados maiores do retângulo.

Com a passagem para a época cristiana (século IV depois de Cristo) a basílica começou a ser usada para fins religiosos. Para isso, ela teve algumas modificações: a planta continua retangular, mas um dos lados menores recebe um vão em semi círculo. Esse semi círculo se torna na “cabeça” do lugar e a entrada principal muda para o seu oposto. Ou seja, agora fica em um lado menor do retângulo. As colunas continuam, mas não acompanham todo o retângulo. Como são as igrejas que conhecemos hoje as colunas serão colocadas em duas filas principais, da entrada à “cabeça” da estrutura, de modo que dividem o espaço interno em 3 áreas – o meio e as duas laterais. A construção normalmente apresenta a cabeça virada pro lado leste, onde o altar é colocado. Dessa forma as pessoas olham para o leste, onde o sol nasce porque Cristo é a divindade para os cristãos, ou seja o sol místico da justiça.

Várias igrejas importantes do período medival são basílicas porque recuperaram os edifícios basilicais romanos, que já estavam bastante difundidos.

Dessa forma, a basílica que nasceu na Roma pagana foi adotada na Roma cristã. Elas são basicamente uma tipologia arquitetônica, somo são os templos, os estádios, os teatros, etc.

Basílicas papais

Qual é a diferença entre basílica, catedral e duomo? - EmRoma.com

Basílica de São Pedro

As basílicas papais representam os maiores poderes eclesiásticos. Elas possuem uma porta santa e um altar papal. As portas santas são abertas somente em anos santos, como foi o ano do Jubileu, e o altar papal é onde só o papa e alguns membros mais importantes podem celebrar uma missa.

Existem 6 Basílicas Papais e 4 delas estão em Roma: 

As outras duas estão em Assis, na região da Umbria:

  • Basilica de São Francisco
  • Basilica de Santa Maria dos Anjos

Catedral

Qual é a diferença entre basílica, catedral e duomo? - EmRoma.com

Catedral de Roma – Basílica de São João de Latrão

A palavra Catedral vem do latin cattedra (que por sua vez deriva do grego kathedra) que significa cadeira. Na igreja é uma cadeira de prestígio, ocupada pelo bispo. A forma da cadeira em si varia muito dependendo da época.

A cadeira normalmente se encontra no fundo da igreja, na cabeça, dessa forma olhando em direção ao ocidente, para os fieis.

Qual é a diferença entre basílica, catedral e duomo? - EmRoma.com

Cadeira do bispo na Basílica São João de Latrão

O bispo é o chefe da comunidade cristã e possui 3 poderes:  o ministério, o ensino, e o juízo. O Juízo se estendem à diocese, que é a sede administrativa da igreja. O bispo então, é quem guia e protege a comunidade.

A catedral nesse sentido é uma igreja especial porque hospeda o bispo, fazendo com que seja o centro de uma diocese.

Duomo

A palavra duomo vem do latin: domus e significa casa. Pode ser qualquer casa, mas no contexto religioso passou a ser a casa de Deus. A diferença é que a palavra catedral se refere mais à dimensão eclesiástica do edifcio em si e a palavra duomo se refere à dimensão espiritual.

A cúpula foi uma novidade arquitetônica na Antiguidade tardia. Os edifícios que apresentavam esse elemento eram de alto prestígio e sugeria ao conceito de centralização do poder. Então, as construções com cúpula se transformaram em edifícios com ainda mais prestígio do que a basílica, e essas foram chamadas de “duomo” –  por isso que em algumas línguas a palavra “duomo” indica a cúpula.

O duomo, com o sem cúpula, é a igreja mais importante da cidade e pode ser ou não a catedral.

Para concluir

A catedral ou o duomo são igrejas de alto poder eclesiástico enquanto a basílica é uma tipologia arquitetônica.

Há casos que o duomo, ou seja, a igreja mais importante da cidade não é a catedral, onde tem a cadeira do bispo e há cidades na Itália que tem mais de um duomo.

Existem casos de basílicas que não são catedrais assim como existem outros casos em que a catedral não tem uma planta basilical. Há também casos que as duas palavras se fundem, quando a catedral apresenta uma planta basilical, como é o caso da Basílica de São João de Latrão aqui em Roma.

 

Fonte: Marco Meschini, wikipedia

 

Você sabia disso? Quais outras dúvidas você mais tem? Conte nos comentários!

Lembre-se que nós organizamos transfers do/para o aeroporto, hospedagem e roteiros personalizados! Me escreva em info@emroma.com

Depois de estudar no norte da Itália, está passando um tempo pela capital. Aprende todos os dias que o que tinha aprendido sobre a Itália não era o que pensava ser. Gosta de andar sem rumo, andar com rumo, assistir a vida mundana, arte, sorvete, café e chá.
Vindo para Roma?

Antes de mais nada,  quais são as coisas primordiais antes de sair de viagem? Contratar um seguro obrigatório para entrar nos países da Europa. O seguro obrigatório, não só cobre suas despesas médicas cobrindo qualquer imprevisto como também assegura a sua bagagem, cobre urgências odontológicas e reembolsa por atraso e cancelamento de vôo. Quer ter 5% de desconto no seu seguro obrigatório? Use o cupom EMROMA5

O segundo passo é reservar o teu hotel. Aqui você encontra diversas opções de hotéis em Roma e aqui no blog tem alguns apartamentos que eu recebo hóspedes! A maioria deles é muito central, Veja descrições e fotos aqui!

 

Deixe um comentário