Museu do Vaticano e Capela Sistina: O que saber antes de visitar, dicas, curiosidades

O museu do Vaticano é um dos principais museus da Europa.

Post publicado dia 4/12/2014 – última edição dia 13/01/2018

Museu do Vaticano 1

Além da famosa e tão concorrida Capela Sistina, das salas do Rafaello, entre outros ícones do Renascimento, o museu tem desde cerâmicas da Roma Antiga, estátuas, tapeçaria, afrescos, selos, arte moderna (com pinturas de Matisse, Dalí ou Francis Bacon por exemplo) e algumas salas com objetos dos povos asiáticos. Além de tudo isso a arquitetura também impressiona.

É um passeio para todos os gostos!

Jardim no interior do Museu do Vaticano

Esse museu recebe aproximadamente 6 milhões de visitantes por ano! São 7 quilômetros de galeria e centenas salas*! Isso mesmo! Provavelmente impossível de ver tudo isso em apenas um dia de visita.

Dicas

Como enfentar as filas:
  • Sempre:

Para não enfrentar as longas filas, é melhor reservar online.

Se você chegar antes do horário da abertura (aproximadamente 30 minutos antes) pode encontrar uma fila um pouco longa, mas a entrada é mais rápida pois o museu ainda está vazio.

As filas mais longas são de manhã, das 9:30 às 12:00, podendo ser menores no horário de almoço entre 12:30 e 14:30. Mas lembre-se que depende muito da sorte, é realmente imprevisível.

  • Na alta temporada:

Nos períodos de alta temporada (primavera e outono), é difícil encontrar ingressos online com até uma semana de antecedência. Se quiser realmente visitar o museu reserve o seu ingresso on line!
Nesse período muitas pessoas não conseguem visitar o museu ou enfrentam longas filas por não reservar com antecedência. Fora isso você corre o risco de não conseguir entrar, já que a prioridade é dada para quem tem ingresso comprado.

  • Baixa temporada:

Durante a baixa temporada (agosto e inverno) é mais fácil conseguir comprar os ingressos com até 1 dia de antecedência (excluindo feriados) e as filas serão menores.

Atenção às escadas durante toda a sua visita no museu do Vaticano

Museu do Vaticano 2

O museu tem escadas por todos os lados! Portanto cuidado ao descer e subir escadas enquanto admira quadros, esculturas, afrescos, tapetes, os tetos, as paredes…

Existem atalhos para a Capela Sistina

O passeio no museu pode variar de 2 horas à um dia inteiro, depende do seu pique e interesse pelas obras de arte. Todas essas salas levam ao grande símbolo do renascimento: a Capela Sistina. Desde o seu ingresso o museu mostra atalhos para a Capela Sistina.

Você poderá decidir a qualquer momento “cortar caminho” para ver a tão esperada obra de Michelangelo!

Quer mandar um cartão postal com um selo e carimbo do Vaticano?

Museu do Vaticano 3

Ah… cartão postal esta fora de moda? Um pouco, mas com certeza a emoção de quem receberá uma lembrança assim também está fora de moda! Que tal surpreender os queridos da família com um lindo cartão postal, escrito a mão, com um selo e carimbo do Vaticano? Lá no museu mesmo, tem um correio para você poder mandar um postal (que dá pra comprar nas várias lojinhas espalhadas pelo caminho) que vai com o selo da cidade do Vaticano. Tão simples que surpreende! Eu costumo mandar cartões postais para os meus pais em cada viagem que faço! Garanto que eles adoram! 🙂

Silêncio!!! No foto, no foto!!!
Capela Sistina

Silêncio, cuidado com as escadas, proibido fotografar

Sim, a Capela Sistina é um lugar sagrado. Temos que ficar em silêncio! Mas ela impressiona tanto que é quase impossível não fazer algum comentário (ou vários) com a pessoa que nos acompanha… ou até mesmo com estranhos! haha

Também é proibido tirar fotos na Capela Sistina! Os seguranças vão ficar gritando para não tirar foto e para fazer silêncio! Mas em compensação você pode tirar fotos em todo o resto do museu, desde que seja sem flash.

Controle de segurança na entrada do museu

Na entrada do museu tem controle de segurança com detector de metais.

É proibida a entrada com:

  • qualquer tipo de arma, de objetos como facas, tesouras ou outros diversos objetos de metal
  • guarda-chuva medio, grande ou com pontas
  • tripés, filmadoras e qualquer tipo de placas ou letreiros
  • bolsas, mochilas ou sacolas que a equipe de segurança considere inadequados para a visita
  • bebida alcoólica e comida (são proibidos consumo de bebida e comida no museu, exceto em um dos restaurantes)

Caso tenha um desses objetos, você deverá deixá-los no guarda volumes durante a sua visita.

Como se vestir

Como já disse acima, o museu do Vaticano é um lugar sagrado. Preste atenção em como se vestir no dia da sua visita.

Se você for durante o verão, aconselho levar um lenço para cobrir decotes, ombros e baços (sim, blusa regata também não pode). Bermudas ou saias devem ser longos ou um pouco acima do joelho. Ah, chapéu e boné também não pode!

Guarda Volumes

é gratuito e e qualquer objeto depositado deve ser retirado até o horário de fechamento.

Restaurantes e cafés

Dentro de um museu como esse é provável que um amante de arte e história passe um dia inteiro! Você pode almoçar ou tomar um lanche em um dos seus 3 cafés, uma pizzeria, um restaurante e um bristrot.

Aquela linda escadaria do museu

Una foto pubblicata da 🇮🇹 Em Roma 🇮🇹 (@em_roma) in data:


Essa linda escadaria que todos querem ver e fotografar se encontra depois da Capela Sistina, quase no final da sua visita ao Museu do Vaticano, portanto, não se preocupe, você irá passar por ela! 🙂

Horário

Segunda à sábado das 9:00 às 18:00 (última entrada às 16:00 e saída das salas às 17:30)
Fechado: Aos domingos, 1 e 6 de Janeiro; 11 de fevereiro; 19 de março; 20, 21 e 27 de abril; 1 maio; 29 de junho; 14 e 15 de agosto; 1 de novembro e 8, 25 e 26 de dezembro.

Atenção: O museu não abre se o domingo coincidir com a Páscoa, 29 de junho (Dia de São Pedro e Paulo), 25 e 26 de dezembro (Natal e Santo Estéfano).

Preço

€16,00 (+ taxa da compra online = €4,00)

Gratuito: último domingo de cada mês, das 9:00 às 14:00 (última entrada às 12:30)

Como chegar?

  • Metrô:Linha A – estação Ottaviano ou Cipro
  • Ônibus: números 49, 23, 492, 64

Fonte: *https://it.wikipedia.org/wiki/Musei_Vaticani

Editado por Ingrid e Emilia dia 27/11/2016

Você já visitou o Museu do Vaticano? Me conte como foi aqui nos comentários abaixo!

Lembre-se que nós organizamos transfers do/para o aeroporto, hospedagem e roteiros personalizados! Me escreva em info@emroma.com

 

Ingrid
Ingrid vive na Itália desde 2004 e em Roma desde 2006. O blog nasceu da vontade de compartilhar um pouco do amor pela cidade e a experiência com seus amigos.
Vindo para Roma?

Antes de mais nada,  quais são as coisas primordiais antes de sair de viagem? Contratar um seguro obrigatório para entrar nos países da Europa. O seguro obrigatório, não só cobre suas despesas médicas cobrindo qualquer imprevisto como também assegura a sua bagagem, cobre urgências odontológicas e reembolsa por atraso e cancelamento de vôo. Quer ter 5% de desconto no seu seguro obrigatório? Use o cupom EMROMA5

O segundo passo é reservar o teu hotel. Aqui você encontra diversas opções de hotéis em Roma e aqui no blog tem alguns apartamentos que eu recebo hóspedes! A maioria deles é muito central, Veja descrições e fotos aqui!

 

4 comentários

  • Querida Ingrid, seu blog é maravilhoso, gostoso de navegar! Estou encantada, iremos para Roma em Julho, eu e meu marido, estamos pesquisando aqui tudinho rssr, não conheço ninguém melhor que você para nos ajudar nesta viagem! Ficaremos 4 noites, sendo 3 dias e meio, pouco tempo, eu sei, mas ainda faremos mais 2 países, na mesma trip. De qualquer forma será p mim a realização de um sonho! Bjo grande! E Mil parabéns pelo blog, pelo conteúdo, pela riqueza de informações, e pela belas fotos! Seguimos juntas lá no Snap! Bjoooss

    • Oi Kellen!!!
      Jura??? Que felicidade! Vamos finalmente desvirtualizar??? Estou à disposição para tirar qualquer duvida que vocês tiverem! Muito feliz com a noticia!!! Super beijo e até breve!

  • Minha visita foi super legal!
    Andei por horas e horas, admirando as obras de arte e as relíquias.
    Fiquei impressionada com a Capela Sistina, e confesso que até sentei no banquinho para olhar sossegada.
    E ainda fui do domingo em que a entrada é gratuita! Perfeito!

    • Oi Suelen,
      Realmente a visita ao museu vale à pena! Que bom que a sua visita no dia grátis foi tranquila! Eu já fui 2 vezes em dias gratuitos e o segredo para não ficar presa no meio da multidão dentro do museu é chegar bem cedo! :*

Deixe um comentário