O que ver em Roma? Você em roma

Villa Borghese – Um lindo parque no centro histórico de Roma

A Villa Borghese é o parque queridinho de Roma. Nos fins de semana locais e turistas enchem o parque para passear, andar de bicicleta, fazer picnic, jogar bola, ler, passear com os cachorros, andar de patins, ou ainda só passar um dia agradável –  quer mais que isso?

O parque pode ser comparável ao parque do Ibirapuera em São Paulo: fica no centro da cidade, reúne gente de todas as idades e gostos para as mais diversas atividades e hospeda vários museus em uma grande área verde.

Alugue uma bicicleta, um segway, ande de patins ou pegue o trenzinho. Explore ainda mais o parque entre fontes, estátuas, museus, lagos, teatro e músicos que dão sempre uma trilha sonora no seu passeio e faz você se sentir em um filme.

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

que romântico!

A Villa Borghese começou a ser construída em 1606 a pedido do Cardeal Scipione Borghese, sobrinho do Papa Paolo V. A família já possuía algumas propriedades na área que foi complementada com a aquisição de outros terrenos ao  longo dos anos. Nesse espaço foi construído a Casa Nobre, que foi residência da família por séculos além do imenso jardim com lagos, inúmeras fontes e outros edifícios.

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Depois da unificação da Itália, em 1901, a Villa passou a pertencer ao Estado italiano. Dois anos depois passou à prefeitura de Roma e foi aberto ao público.

A Villa Giulia (onde foi residência do papa Giulio III) e a Villa Medici (sede da Academia Francesa de Roma) também faziam parte da área da Villa Borghese apesar de hoje em dia ficarem fora dos limites do parque.

Entre os muitos edificios, espaços e atrações da Villa Borghese estão:

  • Museu Pietro Canonica: além do percurso de museu, o espaço ateliê e a casa do artista Pietro Canonica são acessíveis ao público
  • Bioparco (zoológico)
  • Museo Carlo Bilotti: dedicada à arte contemporânea
  • Casa das Rosas: Casa do Cinema
  • Casina de Raffaello: ludoteca e bilioteca para crianças de 3 a 10 anos.
  • Globe Theater: construído em referência ao famoso Globe Theatre de Londres
  • Galleria Borghese: a antiga “Casa Nobre”, residência do Cardinal Borghese foi transformada em galeria no século 20. O museu é referência pois tem obras de arte dos séculos 16 ao 19, com trabalhos de artistas como Raffaello, Tiziano, Caravaggio, Bernini e Canova.

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Villa Borghese - Um lindo parque no centro histórico de Roma

Museu Pietro Canone

Dicas

  • No verão é uma ótima opção para passear, já que que é mais fresquinho no meio de tanta área verde.
  • Os museus Pietro Canonica e Carlo Bilotti são grátis, então literalmente não custa nada dar uma passadinha para olhar!
  • Nos fins de semana é muito cheio, então é melhor ir de manhã se quiser passar um tempo tranquilo.
  • Se estiver lá no final da tarde, vá até o Pincio pois o pôr do sol é maravilhoso!

Horário

Sempre aberto

Onde?

O parque tem 9 entradas de acesso pelos bairros centrais de Roma. Veja no mapa qual é a mais conveniente para o seu roteiro.

Perto para ver

Fonte: Sovrintendenza Capitolina

Como você gosta de aproveitar um parque? Já esteve na Villa Borghese? Qual é o seu parque favorito em Roma? Deixe seu comentário!

Lembre-se que nós organizamos transfers do/para o aeroporto, hospedagem e roteiros personalizados! Me escreva em info@emroma.com

Depois de estudar no norte da Itália, está passando um tempo pela capital. Aprende todos os dias que o que tinha aprendido sobre a Itália não era o que pensava ser. Gosta de andar sem rumo, andar com rumo, assistir a vida mundana, arte, sorvete, café e chá.

Deixe um comentário